Assista nossos Programas

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

PANORAMA MUSICAL DO SETOR EVANGELICO 2013

Por: Claudia Souza

Marcelo Rebello e Luciana Mazza - GRUPO MR1
Foto: Adylson Santos
Um coquetel realizado dia 13/02 às 18hs, na Chácara Santa Cecília em São Paulo, reuniu dezenas de empresários fornecedores de produtos e serviços para evangélicos, no Brasil e exterior. O motivo do encontro foi discutir o PANORAMA DO SETOR EVANGÉLICO com a conclusão do ano de 2013.

Após a abertura realizada pela diretora do Grupo MR1, Jornalista Luciana Mazza, a cantora Arlene Alves (ex-integrante da Banda Artpella), recepcionou os convidados com a música “Tu és Fiel Senhor” da Harpa Cristã.

Durante a reunião foram apresentados os seguintes temas: INFLUÊNCIA DA MÚSICA GOSPEL NO CONSUMO DO SETOR DE INSTRUMENTOS MUSICAIS, apresentado pelo Conselheiro da Ordem dos Músicos do Brasil e Reitor da Faculdade Livre de Música, Maestro Eduardo Roz; a QUANTIDADE E VARIEDADE DE CONSUMO LITERÁRIO DO SEGMENTO EDITORIAL CRISTÃO, pela Vice-Presidente Editorial da ASEC - ASSOCIAÇÃO DOS EDITORES CRISTÃOS, Marilene Terrengui; ATUAL FORMATO DE TRABALHO DAS LIVRARIAS CRISTÃS, pela ANLE – Associação Nacional de Livrarias Evangélicas, através de seu Presidente Wilson Pereira Junior; LANÇAMENTO DO XXIII PRÊMIO ARETÉ DE LITERATURA CRISTÃ, pelo Diretor Executivo da ASEC; AÇÕES DE CONTEÚDO DA III FLIC – FEIRA LITERÁRIA INTERNACIONAL CRISTÃ E DO III SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL, pelo Grupo MR1 de Comunicação & Marketing, pelo Diretor Executivo Marcelo Rebello e a ATUALIZAÇÃO DE DADOS DA III FLIC SALÃO GOSPEL, pela Fiera Milano Feiras e Congressos, pelo Diretor Operacional José Roberto Sevieri.

Maestro Eduardo Roz - 
Reitor da Faculdade Livre de Música
e Conselheiro OMB/CRESP - Foto: Claudia Souza
O Maestro Eduardo Roz definiu em números o crescimento do mercado da música de um modo geral. Segundo pesquisas realizadas, o mercado da música é o que mais fatura depois do petróleo gerando milhares de empregos formais e informais. A indústria de instrumentos musicais passa por algumas dificuldades em decorrência da grande importação da China, mas em compensação, o mercado de prestação de serviços e venda de instrumentos musicais (principalmente os importados), cresce a cada dia e o Show Business Internacional aposta no Brasil fortemente, investindo em Mega Shows e eventos de grandes proporções.

De acordo com a Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI), em 2012 o mercado musical mundial cresceu 0,3%. O número é insignificante mas esta é uma boa notícia, porque este foi o primeiro resultado positivo desde 1999.

Os números da Associação Brasileira dos Produtores de Disco (ABPD) confirmam esta expansão. Em 2012 o mercado brasileiro cresceu 5,13% mas o melhor é que em 2011, enquanto o mercado mundial ainda estava no negativo, as vendas por aqui já haviam crescido 8,4%.

No acumulado, o mercado fonográfico brasileiro cresceu 13,96% nos últimos dois anos, este sim um número bastante expressivo. Some-se a isto o panorama da economia mundial, especialmente a europeia.

Junto com esse crescimento se destacou o MERCADO GOSPEL que está se tornando um dos mais rentáveis no Brasil. Além do seguimento editorial, o musical encontra-se em crescimento, que segundo Eduardo Roz, fatura em torno de R$ 1 bilhão/mês. Dados da Associação Brasileira de Produtores de Disco, revelam que a música gospel está entre os 20 Cds mais vendidos no Brasil, o que está cada vez mais atraindo empresários para investir no setor.

De acordo com a Associação Brasileira da Música, os principais fabricantes importadores e distribuidores do segmento, estima que 40% desse mercado seja absorvido pelos evangélicos, com um faturamento que pulou de R$ 555 milhões em 2009 para R$ 790 milhões em 2013.

Os vendedores e representantes de instrumentos musicais, esperam para este ano, um crescimento em torno de  30% em média nas vendas para o público e músicos Gospel.

O Diretor de Operações do Grupo Cipa Fiera Milano, José Roberto Sevieri, organizador da feira, apresentou a infraestrutura da empresa e o Jornalista Marcelo Rebello, idealizador do Salão Gospel e Diretor Executivo do Grupo MR1, falou sobre as ações de conteúdo do evento e sobre os números do setor.

O SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL, em sua terceira edição está sendo um divisor de águas, tornando possível medir em números a aceitação e o crescimento do MERCADO EVANGÉLICO. Inovando a cada ano, nesta Edição trará como parceira a III FLIC – FEIRA LITERÁRIA INTERNACIONAL CRISTÃ, aonde os visitantes terão acesso a milhares de produtos editoriais do ramo.

Eduardo Roz e Claudia Souza
Programa Músico Empreendedor - Foto: Adilson Santos
Além das exposições, o espaço será dividido com palcos para apresentações de bandas,  realização do PRÊMIO ANLE para Livreiros Cristãos; PRÊMIO ANLE SALÃO GOSPEL de Livrarias Evangélicas; PRÊMIO ARETÉ 2014; CONGRESSO CONEXÃO BRASIL – ISRAEL; Exposição ISRAEL EM FOCO; Exposição “SABE O NOME DA IGREJA” (que pretende homenagear o crescimento das igrejas evangélicas mostrando a criatividade dos pastores na hora de escolher o nome dos templos); ESPAÇO HIP-HOP; II ENCONTRO DA JUVENTUDE CRISTÃ; ESPAÇO CINE GOSPEL e ESPAÇO “ARTE, TEATRO E DANÇA” , tudo isso, promete aos visitantes três dias de incansáveis atividades.



O III SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL e III FLIC – FEIRA LITERÁRIA CRISTÃ, serão realizados de 18 a 20 de setembro de 2014, no Centro de Exposições Imigrantes, localizado na Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, com transporte grátis do Metrô Jabaquara. O cadastro antecipado pode ser feito no site www.salaointernacionalgospel.com.br .