Assista nossos Programas

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Os curitibanos do grupo Serenô lançam seu novo disco no próximo dia 20 de janeiro.






O álbum, intitulado "CD Serenô", traz participações especiais como Erico Viensci - artista multiinstrumentista e arte educador - no cavaco;Renato Muller no Bandoneon; Evandro Cardoso na gaita de ponto; Kiko Dinucci na guitarra e Fernando Lobo na percussão. 

Além disso, o som totalmente brasileiro possui composições marcantes em parceria com Estrela Leminski, o violinista Zelito Ramos, entre outros. 

Para marcar o lançamento, o grupo faz um show no Teatro Paiol, em Curitiba, no mesmo dia, a partir das 19h. 


Banda:
Roseane Santos: Vocal e Percussão.
Du Gomide: Violao 7 cordas e Voz.
Manchinha: Gaita Ponto e Voz.
Gustavo Proença: Percussão, Trompete e Voz.




O Grupo de música brasileira, “Serenô”, tem mais de seis anos de estrada e desde o início de sua trajetória enveredou pela pesquisa dos sambas e outros batuques brasileiros -
principalmente nos temas que falam da mitologia afro-brasileira - sendo um dos grupos que mais se destacou no cenário musical da cidade de Curitiba, nos últimos 3 anos.
O estudo e a dedicação do grupo gerou um potente trabalho autoral e assim o grupo Serenô  continua mantendo seu curso com a formação da atual boa música brasileira. Pensando na produção de um samba que vai além de um ritmo ou uma vertente, pensando sim no samba como algo que te faz dançar, numa festa.

A partir de 2009 o grupo resolveu dar a ‘cara a tapa’ e começou a investir no trabalho autoral, uma consequência natural, haja vista que os integrantes além de exímios instrumentistas, são também compositores.
A arte da mistura (como a história do próprio Brasil) é o fio condutor do CD “Serenô”.
A riqueza da pesquisa aliada aos diversos sotaques e referências de cada integrante contribuiu para gerar um material de extrema qualidade tanto musical quanto composicional.
Assim sendo, o Grupo Serenô em 2014 lançará seu primeiro CD com composições próprias.

 Através da Lei de Incentivo Municipal – Fundação Cultural de Curitiba com o incentivo do Banco do Brasil, registra 12 de suas músicas autorais, já conhecidas e cantadas por todos que frequentam a sociedade Treze de Maio em Curitiba, onde o grupo realiza o “Baile do Serenô” há seis anos. Entre elas a canção “Aguerê” e “Chuva de Mar” já consagradas pelo público local e a canção “Saudação ao Sereno” que foi trilha do seriado “As Brasileiras” da emissora Rede Globo, em 2012. Esse álbum conta com as presenças de parceiros de longa data, como Kiko Dinucci (SP), Érico Viensci(PR) e Renato Muller(RS).

Uma influencia muito importante para o grupo é de Roque Ferreira, uma marca no repertório do Baile do Serenô que foi inserido como importante referência, principalmente no início da fase de composição do grupo. Roque foi carinhosamente adotado como “padrinho” do Grupo Serenô, ele generosamente ofereceu a sua canção “Chuva Fina” para o Serenô apresentar em seu baile, fazendo o publico cantar e dançar na pista.

Compositores que contam historias, contos, referencias rurais e que possuem como tema as forças da natureza, são de grande interesse do grupo. O diferencial surge quando resolvem compartilhar essas referências com temas urbanos, como o samba de São Paulo que possue grande força nesse conceito. É nessa mistura que o Grupo mergulha, bebe da fonte e cria simultaneamente.

O Cd traz diversas participações e 3 convidados especiais:
Erico Viensci artista multiinstrumentista e arte educador  participou da primeira formação do grupo e volta para trazer o som do seu cavaco que foi uma caracterstica marcante do inicio do grupo.
O Gaucho Renato Muller traz o som do instrumento Bandoneon para somar com a gaita ponto do musico Evandro Cardoso – marcando ainda mais o viés gaucho que também acompanha o Serenô..
Kiko Dinucci , parceiro de longa data do Grupo tendo participado do Show “ Cambaio de Milonga – Serenô convida Kiko Dinucci (2011)” faz uma participação com sua guitarra e  seu tempero urbano-paulista.
E Fernando Lobo, que durante anos participou como percussionista e compositor do grupo.

A maioria das canções são de autoria de Gustavo Proença e Du Gomide, de forma individual e parceria dupla.
-A canção “Aguerê” é de Gustavo Proença em parceria  com o compositor curitibano Leo Fé.
-A canção “Giro de Peão” é de Dú Gomide e do grande parceiro musical do Serenô, o parnaguara Fernando Lobo que deixou sua marca nas músicas “Flecha de Oxóssi” (vozes Yorubá) e “Saudação ao Sereno” (Percussão e voz).
- A canção “Quem Disse” é de Denis Mariano e Dú Gomide em parceria com Estrela Ruiz Leminski
- A canção ‘Um Tempo a Mais” é de autoria de Evandro Cardoso “Manchinha” em parceria com o violinista gaúcho Zelito Ramos.

Roseane Santos, voz representante do grupo, com toda a sua experiência e sua marcante interpretação, em algumas músicas dividindo, em outras solando e ainda em outras somando com o coro, traz o colorido artístico da obra que se reflete na variação e combinação de vozes e timbres,

O trabalho de percussão feito com excelência pelos multi-instrumentistas Gustavo Proença e Denis Mariano, caracterizado por um entrosamento dançante, tendo gravado ambos na mesma sala.

Os contra-pontos da gaita de Manchinha vão costurando as melodias cantadas e trazendo um novo timbre junto com a pegada autêntica do 7 cordas de Du Gomide, que muitas vezes se assemelha a um contra-baixo, como na música “Um Tempo a Mais” e “Banho d'Água”; e em outras o dedilhado preenche a harmonia.

O artista plástico Fernando Franciosi, pintou a tela que é a capa do CD e durante o processo dos ensaios para a gravação, criou as ilustrações que personificam cada música, usadas no encarte.
Dé Gomide é também um parceiro do Serenô, atuou como designer nos bailes da Sociedade Treze de Maio e outros eventos e fez a arte gráfica do CD.

As fotografias são de Juliana Biancato que já possui envolvimento com o trabalho do grupo e também atuou fazendo a assitência de produção da gravação do CD.

A produção e coordenação do projeto é de Loa Campos, que desenvolveu seu trabalho junto ao grupo desde 2010.

O processo de produção do álbum teve a duração de 1 ano. Uma escolha bastante clara desde o início do projeto foi em relação a Produção Musical do CD. As decisões de conceito e direção musical, bem como os arranjos das musicas tem o envolvimento por todo o grupo. Todos fazem participação instrumental e vocal, assim como muitas das composições que são produzidas em parcerias. Essa relação levou a decisão que, nesse primeiro trabalho, a produção seria coletiva, vindo de encontro ao modo como o grupo vem se construindo.

Atualmente, o Serenô conta com cinco integrantes polivalentes, sao eles:
Roseane Santos: Vocal e Percussão.
Du Gomide: Violao 7 cordas e Voz.
Manchinha: Gaita Ponto e Voz.
Gustavo Proença: Percussão, Trompete e Voz.
Denis Mariano: Percuteria.

HISTÓRICO DO GRUPO:
●Sereno e Kiko Dinucci (SP) - Sociedade 13 de Maio - Curitiba/2010
●Sereno S.A. ( Sambas e Afins) - Show Sesc da Esquina - Curitiba/2010
●Projeto Uanda - Africanidades Sul- Brasileiras / Fundacao Palmares - Porto Alegre/2010
●Projeto Musica nos Parques - Curitiba/2010/2011
●Classificatoria do Festival Musica Preta/ Fundacao Palmares. Sao Paulo/2010
●Show D. Ivone Lara - abertura com o grupo Sereno Samba - Teatro Guaira Curitiba/2010
●Show Sereno com participação de Alessandra Leão - Sociedade Treze de Maio - Curitiba/2010
●Sereno e Tiao Carvalho - Sociedade 13 de Maio - Curitiba/2010
●Sereno convida Renato Muller e Antonio Flores(RS) - Curitiba - 2010
●Sereno e Itaercio Rocha (Maranhao - Curitiba) - Curitiba - 2010.
●Sereno Samba convida ‘Na Surdina’ com a participacao de Ze da Velha e Silverio Pontes -
Curitiba/2011
●Show: “ Cambaio de Milonga” Serenô convida Kiko Dinucci – no Teatro Paiol – julho-2011.
Curitiba/2012
●Bailê do Serenô  - Todo primeiro sábado do mês acontece o “Baile do Serenô” na Sociedade Treze de Maio.
*Randevu Serenô/2013 – Festa eventual com estilo de cenário, figurinos e repertório que resgata elementos das noites de Randevu/cabaré.


Você pode ver e ouvir Serenô Sambas e Afins em:
www.serenosamba.com.br