sexta-feira, 18 de maio de 2018

Funarte SP recebe recital dedicado à música popular brasileira e norte-americana


Apresentação de música instrumental, formada por um duo de piano e baixo, resgata a atmosfera musical contagiante de uma jam session a partir da improvisação dos clássicos de grandes mestres como Tom Jobim, Gonzaguinha, Toninho Horta, Bill Evans, Richard Rogers e Michel Legrand

No dia 10 de junho, domingo, às 17h00, a Sala Guiomar Novaes do Complexo Cultural Funarte SPrecebe o recital de música instrumental Standards da Música Popular I Conexão Brasil-EUA. O pianista John Larson, acompanhado do baixista Daniel Dias, levará ao público um espetáculo mais intimista com repertório focado em Standards da música popular brasileira e norte-americana dos gêneros bossa nova, samba e jazz.

Com inspiração nos músicos de Jazz da década de 50, que após os seus concertos nas big bands costumavam mergulhar em intermináveisjam sessions (da expressão Jazz After Midnight) para fazer o que mais gostavam: improvisar, John e Daniel vão resgatar nesta apresentação a alegria da improvisação para transmitir à audiência uma progressão harmônica que estimule sensações e mexa com as emoções. O repertório inclui temas de compositores como Antônio Carlos Jobim, Gonzaguinha, Toninho Horta, Marcos Valle, Richard Rogers, Bill Evans, Michael Legrand, entre outros. Músicas consagradas fazem parte da apresentação, entre elas, Chora Coração, Recado, Preciso aprender a ser só, My Funny Valentine, Summer of 42 e My Romance prometem emocionar o público.

De acordo com o pianista John Larson, responsável pela concepção e direção musical do projeto, um standard é um tema musical amplamente conhecido e não existe uma lista de canções definitiva, pois elas sempre mudam com o tempo. “Cada subgênero do Jazz ou da Bossa Nova tem seus próprios Standards e muitos Standards de Jazz, por exemplo, foram baseados em música popular, musicais da Broadway e antigas composições registradas no Great American Songbook. Em alguns casos, ao ser executado, o standard é rearmonizado e alterado, sendo muito apreciado pelo público por permitir maior facilidade no improviso, já que a harmonia é, na maioria das vezes, bem conhecida pelos músicos”, explica o solista.

Com isso, a apresentação Standards da Música Popular I Conexão Brasil-EUA deseja alcançar um resultado surpreendente de interação com o público ao trabalhar uma gama de emoções genuínas tanto dos músicos como da plateia. Para mais informações acessehttp://www.funarte.gov.br/.


Programa:


§ Chora Coração (1973) – Antônio Carlos Jobim (Tom Jobim)
§ Outra Vez (1954) – Antônio Carlos Jobim (Tom Jobim)
§ Bons Amigos (1995) – Toninho Horta
§ Recado (1979) – Gonzaguinha
§ Preciso aprender a ser só (1965) – Marcos Valle e Paulo Sérgio
§ My Funny Valentine (1937) - Richard Rodgers e Lorenz Hart
§ Someday my prince will come (1937) - Larry Morey e Frank Churchill
§ I fall in love too easily (1944) – Jule Styne e Sammy Cahn
§ You must believe in Springs (1977) – Bill Evans
§ Very Early (1949) – Bill Evans
§ Summer of 42 (1971) – Michel Legrand
§ My Romance (1935) – Richard Rogers

Sobre os músicos:

John Larson, 36 anos, iniciou os seus estudos em piano aos 12 anos, na cidade de Ribeirão Preto (SP). Formado em Música Popular pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, John foi aluno dos pianistas Arno Roberto Von Buettner, Hilton Valente e Acy. T. Meyer. Hoje, o músico ministra aulas de piano em São Paulo. Desenvolveu as trilhas sonoras da premiada animação “Aula de Etiqueta” (2006), do animador e ilustrador Thomas Larson (Thomate), e do curta-metragem “Não trocaria minha mãe por nada neste mundo” (2017), com argumento, roteiro e direção de Patrícia Lobo. John também participou da gravação dos álbuns Angu (2007), um grupo de canções autorais de Eduardo Larson e Eduardo Klébis, e Angudadá (2014), com músicas feitas para o público infantil.

Daniel Dias, 35 anos, é músico, violinista, contrabaixista acústico, com forte atuação em arranjo popular e pesquisa na área de composição erudita. Formado em Música Popular pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP (Campinas/SP), Daniel tem experiência na área de pesquisa acadêmica e desenvolveu um estudo de análise de peças musicais de Alexander Scriabin. Iniciou seus estudos ainda criança na cidade de Jaguariúna, interior de São Paulo, com Amauri Murer, e em Campinas, com José Roberto Vital, professor de violão popular do Conservatório Carlos Gomes. “Rebentação” é o título do seu primeiro álbum lançado em 2017, que apresenta um repertório com grandes clássicos da MPB e da música popular internacional.

SERVIÇO:

Edital de Espetáculo de Artes Cênicas e Música/2018
Espetáculo: Standards da Música Popular I Conexão Brasil-EUA
Data e horário: 10 de junho de 2018 (domingo) às 17h00
Local: Sala Guiomar Novaes – Complexo Cultural Funarte SP (Alameda Nothmann, 1058, Campos Elíseos – São Paulo)
Ingressos: R$ 35,00 (inteira) / R$ 17,50 (meia entrada). Cartões não são aceitos. Pagamento somente em dinheiro.
Duração: 67 minutos.
Classificação etária: 12 anos.
Capacidade: 143 lugares

Estacionamento: Convênio com a Estapoint - Alameda Nothmann, 1.162 (esquina com a Avenida São João). Preço único até 18h00: R$ 10,00. A partir das 18h00: R$ 15,00.

Informações: (11) 3662-5177 / (11) 3822-5671 ou pelo e-mail funartesp@gmail.com. A bilheteria abre uma hora antes do espetáculo.

FICHA TÉCNICA:

Músicos: John Larson (piano) e Daniel Dias (baixo) I Concepção: John Larson I Direção e Produção Musical: John Larson I Designer de Luz: João Nunez I Técnico de Som: Vladimir Lemos I Direção: Regiane Tosatti I Produção: RP 360 – Comunicação e Relações Públicas IRealização: FUNARTE e RP 360 – Comunicação e Relações Públicas.