Assista nossos Programas

sábado, 12 de março de 2016

GOVERNO DE BRASILIA FOMENTA A EXPLORAÇÃO AO ARTISTA

Por: Claudia Souza

No site "Agência Brasilia"  foi publicado um edital convidando artistas para se apresentarem gratuitamente nas estações do metrô do DF.

Tudo certo se houvesse alguma proposta de incentivo financeiro para os mesmos. O Metrô se coloca nessa proposta como palco para divulgação gratuita desses artistas.

Em que o governo está colaborando com o fomento da arte e da cultura? De que modo pretende tratar os fazedores de arte do país?

Esquecem-se que artistas também estudam e se preparam para exercerem o ofício do entretenimento que gera recursos e alimenta o PIB brasileiro.

A música, as artes cênicas, entre outras, estão presentes nas mais elevadas camadas da sociedade exercendo papel fundamental para agregar valor a uma festividade ou evento da iniciativa pública ou privada.  Juntas, aquecem o turismo, o comércio e a movimentação de ambientes dos mais diversos seguimentos.

Engana-se quem pensa que o Metrô do DF está fazendo algum favor aos artistas em questão. Pelo contrário, é vergonhoso que ainda existam empresas que se prestem a esse papel ridículo de desvalorizar o artista e ainda propor que o mesmo desembolse quantias seja de qual valor for para que possam se apresentar e "prestigiar" o público transeunte das estações.


É degradante para o artista ser visto como alguém sem valor. Eles estudam, se preparam e oferecem o melhor em troco de nada?

Mais vergonhoso ainda é deparar com a realidade de um governo que esquece que entre os artistas estão os cidadãos que consomem e pagam impostos como qualquer outro. Pior ainda, é constatar que nesse país com péssimos incentivos culturais, ainda tem quem se submeta à esse tipo de exploração.