Assista nossos Programas

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Leo Middea lança financiamento coletivo para novo álbum e realiza sarau com convidados‏



Em fase de finalização de seu segundo álbum, "A Dança do Mundo", o jovem músico carioca Leo Middea acaba de lançar uma campanha de financiamento coletivo pelo Kickante. Com a iniciativa, a revelação da MPB espera concluir a produção do trabalho e lançá-lo pelo Brasil.

Para impulsionar o financiamento, Leo Middea fará um Sarau especial com convidados queridos em 19 de setembro, no Kabul Bar. O evento contará com a presença de nomes da nova cena da música brasileira, a serem revelados ao longo dos próximos dias.


Serviço
Sarau no Kabul - Leo Middea e A Dança do Mundo
Quando: Sábado, 19 de setembro
Horário: Das 15h às 20h
Onde: Kabul Bar - Rua Pedro Taques, 124 - Consolação
Preço: Entrada R$ 10 (lista com confirmação no Facebook ou para reservas@kabul.com.br) ou Entrada R$ 15 (porta)
Evento: https://www.facebook.com/events/1026377390780069/

Sobre Leo Middea


Em "A Dança do Mundo", o músico carioca de apenas 20 anos buscou referências em diversos países para criar um som único e, ainda assim, plural. Exemplo dessa busca é a canção "Valsa", que ele apresentou na série musical do coletivo Mira, chamada "MIRA Sessions", em formato acústico. Confira:https://www.youtube.com/watch?v=ypbtNxfwfG8&feature=youtu.be

Leo é garoto, mas não bicho do mato. É da rua, da Lapa, da boemia e do violão. Tal como Caetano, Chico e Gil, aprendeu a botar em acordes sua relação com a vida, com o porquê, com o sentimento de ser e se expressar. Evoluiu rápido demais para a banda que fazia parte acompanhar e logo notou que a estrada que mais queria estar não estava entre sua humilde casa e o próximo bar.

Em Buenos Aires, Santiago ou Punta Del Leste, não é difícil encontrar o carioca num bar, numa esquina, caminhando vagarosamente enquanto assobia alguma canção. Leo faz parte do povo e com ele compartilha os seus sonhos.

Em seu primeiro álbum, "Dois", estão suas andanças, seus amigos e familiares, seja em afeto, em história, seja com dinheiro. Ao decorrer do disco é possível notar a ligação entre as músicas que foram cuidadosamente organizadas para se fundirem e contarem a história de dois momentos da vida do autor – por isso o nome do álbum.

A percussão, o gingado do violão, os pés inquietos, a roda se formando. Tudo dentro do disco tem um pouco da vida de Leo e seus estudos de teatro, cinema, circo e dança. Sua voz grave e suave, as letras diretas e o ritmo regional brasileiro trazem um frescor tropical ao cenário neo MPB corrente no Brasil, uma sugestão à novidade revisitando não só as influencias novas, mas buscando em nossos vizinhos uma estrada diferente para música feita com vivência e coração.